top of page
Buscar
  • Foto do escritorCirculô

Ser lixo zero é possível?

"É possível ser Lixo Zero”. Quando falo isso, muitas pessoas me acham uma louca, acham que eu pirei… Posso explicar melhor?


Primeiro a gente tem que entender o que é Lixo. Por mais que eu acredite que SEMPRE é possível uma solução melhor, é comum gerarmos sobras nas nossas atividades diárias - baseado no modo de vida que estamos acostumados. Papel higiênico sujo, embalagem de algum produto de beleza, casca ou semente de alguma fruta, pilhas gastas, lâmpadas queimadas… e por aí vai. Isso tudo, se descartado corretamente, pode ter grande valor.


Você pode RECICLAR a embalagem daquele creme que acabou. Através da reciclagem, geramos emprego e renda para muitas famílias de catadores.

Você pode COMPOSTAR a casca do abacate que você comeu. Através da compostagem, geramos um adubo riquíssimo em nutrientes, que pode ser usado para plantar novos alimentos.

Você pode RETORNAR para a fábrica as pilhas do seu controle remoto. Através da logística reversa, possibilitamos o descarte ambientalmente correto de resíduos perigosos para nós e o meio ambiente.


Não tem como isso tudo ser lixo, né? Eu chamo de Resíduo! Assim, você contribui para uma economia mais circular, pois evita que tudo fique junto e misturado apodrecendo num lixão ou aterro sanitário - aqui, sim, tem lixo! - e faz com que retornem para a cadeia produtiva da vida. Portanto, não transforme seu resíduo em lixo!


Mas para ser circular mesmo, somente RECICLAR ou COMPOSTAR, por exemplo, não é a solução. Precisamos REPENSAR o nosso consumo, REDUZÍ-LO e REUTILIZAR o máximo que puder dos materiais a nossa disposição.

Isso, sim, é consumir de forma consciente: entendendo os malefícios do descarte inadequado, do consumo desenfreado e tomando as atitudes necessárias para contornar essa realidade.


Vou te dar um exemplo: você é convidado para um casamento, ao invés de correr para um loja pra comprar uma roupa nova, pare e…

1) REPENSE/RECUSE/REDUZA - Será que você já não tem uma roupa que possa usar? Precisa mesmo de algo novo?

2) REUTILIZE - Se precisar, que tal alugar? Ou pedir emprestado para um amigue? Se nada disso funcionar, compre algo que poderá usar em diversas ocasiões!

3) RECICLAR - Caso a roupa estrague… leve para consertar, nada “jogar fora”! Ou, procure a loja e veja se existe logística reversa da marca. Combinado?


E aí, agora acredita que ser Lixo Zero é possível?


A autora


Cora Ayres

Jornalista formada pela PUC-RJ, com experiência em produção de conteúdo e audiovisual. Apaixonada pelo tema da sustentabilidade, buscou aliar sua formação com o tema, em especial a gestão de resíduos. Por isso, tornou-se consultora credenciada e embaixadora do Instituto Lixo Zero Brasil. Focada em criação, engajamento e educação ambiental, através de consultorias práticas e produção de conteúdo busca levar o conceito Lixo Zero para a vida das pessoas.


101 visualizações

Komentarze


bottom of page