Buscar

A importância do sono do bebê para um desenvolvimento saudável.

Quando o bebê ainda está na barriga nos desejam longas noites de sono, afinal, depois do nascimento a única coisa na qual temos certeza é que passaremos noites em claro.

Leia essa matéria até fim e descubra que não precisa ser assim!


O sono é fundamental para o bom desenvolvimento do bebê, tanto quanto a amamentação. É através dele que acontece a maturação e desenvolvimento cerebral, a consolidação da memória e atenção, a modulação do sistema imunológico, a liberação de hormônios importantes para o crescimento, entre outros fatores.


Se o bebê tem o sono muito fragmentado, acordando diversas vezes durante a madrugada pode ter seu desenvolvimento comprometido, prejudicando inclusive a amamentação. A famosa frase: “Bebê que dorme bem come bem e bebê que come bem dorme bem” é uma verdade absoluta.


O sono de baixa qualidade, ou seja, sonecas curtas ou inexistentes e noites interrompidas diversas vezes, deixam os bebês irritados e chorosos o que poderá refletir na amamentação.


É certo que os bebês até 3 meses de idade acordam pelo menos 1 vez na madrugada para mamar e isso pode acontecer até a introdução alimentar. Algumas de nós temos a expectativa de que nossos filhos durmam a noite toda, mas enquanto são recém chegados ao mundo, as necessidades fisiológicas ( e emocionais) devem ser respeitadas.


Depois dos 3 meses eles tendem a dormir por mais tempo a noite e alguns bebês, sem nenhum esforço dos pais, passam a mamar antes de dormir e assim que acordam, eliminando a necessidade do leitinho da madrugada.

Se você não é essa mãe e esse pai, acalme-se: essa não é uma realidade para a maioria das famílias.



A INDIVIDUALIDADE DEVE SER RESPEITADA


“A grama do vizinho sempre é mais verde”, então, deixe de olhar para o bebê do vizinho (sabe aquele que dorme a noite inteira desde quando chegou da maternidade?) e passe a observar e conhecer o seu.


Para ajudar seu bebê no processo de dormir, é importante que você o conheça, e para que isso aconteça, observe atentamente e empaticamente.


Comece a observar como ele se acalma com mais facilidade, quais são os sinais que ele dá de sono: boceja, coça o olhinho, perde o interesse pelos estímulos e/ou brinquedos, movimenta mais o corpo, e através dos sinais que seu bebê dá, vá agindo de acordo com as necessidades que ele apresenta.


Respeitar a individualidade do bebê é tão importante quanto desejar que ele tenha boas noites de sono. É necessário lidarmos com o bebê real, aquele que está na nossa frente, pedindo, e não aquele que está nas nossas expectativas e desejos.



O BEBÊ QUE DORME O SUFICIENTE ACORDA FELIZ E SATISFEITO


Alguns bebês precisam dormir 14 horas por noite, outros 12 horas e está tudo certo, desde que eles estejam bem. E como saber se estão bem, satisfeitos com a duração do sono?


É simples! Se ele acorda com energia, disposto para brincar e observar, sem chorar, interessado em mamar, querendo conexão com os pais ou cuidadores é sinal que dormiu o suficiente para aquele momento. O bebê que não dorme bem geralmente acorda chorando, irritado, não quer interação e troca com quem quer que seja.


Se você observou seu bebê, já deve saber a melhor forma de colocá-lo para dormir, mas algumas dicas podem ajudar nessa descoberta e facilitar para que seu bebê aprenda a dormir no berço gostando desse cantinho tão especial que certamente você preparou carinhosamente durante a gestação.


  • Ruído branco pode ser um recurso interessante para acalmar, tranquilizar e abafar os outros ruídos externos.

  • Ritual do sono estabelecido favorece noites mais prolongadas, pois ele saberá que após aquelas atividades chegará a hora de dormir. Essa previsibilidade dá segurança para o bebê.

  • O banho como atividade do Ritual do noturno proporciona relaxamento, desacelera, diminui o ritmo deixando o bebê pronto para um soninho gostoso.

  • Os bebês gostam e necessitam de aconchego, inclusive na hora de dormir. Por isso, o uso do saco de dormir ou Swaddle é recomendado. Um item imprescindível para o enxoval do seu bebê.

  • Quando chegar a hora da soneca ou do sono noturno coloque seu bebê no berço. Desse modo, ele irá aprender que aquele é o espaço de dormir. Se ele dorme no colo, dorme mamando, ou sendo ninado, todas as vezes que ele despertar na madrugada buscará esse mesmo estímulo. E aí, as noites em claro realmente podem chegar. (Nunca deixem o bebê chorando sem ser atendido. Se ele chora é porque tem alguma necessidade que precisa ser atendida!)

  • A última recomendação é sobre o ambiente. Prepare um ambiente agradável para seu bebê dormir. Deixe o quarto escuro, temperatura agradável, roupas confortáveis e compatíveis com o clima e tamanho, um ambiente sem ruídos. Preze pelo ambiente adequado, pois isso também favorece noites de sono tranquilas.

  • Uma boa noite de sono se conquista a partir do café da manhã! Então, cuide da rotina do seu bebê, da alimentação, das brincadeiras ou atividades, mas isso é papo para uma outra matéria!


Abraços apertados,

Danielle Soubihe Rhormens

A AUTORA

Danielle Soubihe Rhormens, mãe da Clara de 5 anos e dos gêmeos Caio e Gabriel de 1 anos e 6 meses. Psicóloga e Consultora do Sono Infantil.

Pós graduanda em Psicologia Infantil e em formação como Educadora Parental com Atuação Consciente pela Escola da Educação Positiva.

Membro do Centro de Apoio Materno Infantil Cuidare_Baby em Campinas-SP.

Faz atendimentos online e presenciais personalizados para as famílias que buscam orientação sobre sono e educação.

Ministra palestras e workshops sobre o tema.

Acredita que o amor, o afeto, o colo e o acolhimento na infância fazem adultos mais confiantes e seguros para conquistarem uma vida de plenitude.

23 visualizações

se inscreva

na nossa lista de contatos e fique por dentro das novidades 

TODOS OS DIREITOS RESERVADOS   ©    |    2019    |    CIRCULÔ